Meu imóvel

Afinal, é possível comprar apartamentos sem entrada?

Ter uma casa própria parece um sonho distante para alguns. Afinal, nem todos conseguem juntar dinheiro para a entrada da compra de uma moradia. E é uma tarefa árdua encontrar uma instituição que não cobre esse “sinal”. Contudo, temos uma boa notícia: é possível comprar apartamentos sem entrada.

Gostou dessa informação? Então este artigo foi feito para você. Nele, mostraremos o caminho para adquirir a sua moradia sem a necessidade de possuir uma reserva financeira. Acompanhe!

Como comprar apartamentos sem entrada?

A realidade atual é que a maioria das empresas que oferece o financiamento para residências exige um valor de entrada. Essa taxa gira em torno de 30%. Porém há uma exceção: a Caixa Econômica Federal.

Essa entidade pública possui duas linhas de financiamento que não cobram uma quantia antes de efetuar o financiamento. A primeira destina-se a imóveis comprados na planta, em hipoteca e por meio do FGTS. Já a outra envolve os que ingressam no programa de habitação Minha Casa Minha Vida (MCMV).

Em ambos os casos, o valor que seria cobrado como “sinal” é diluído nas parcelas do financiamento, ou seja, essas prestações serão mais caras do que o normal. Entretanto os juros cobrados pela Caixa Econômica Federal estão em decréscimo.

De acordo com o portal UOL Economia, os imóveis com preço até R$ 950.000 encaram taxas de juros de 9% ao ano. Enquanto as moradias acima desse valor têm 10% ao ano acrescentados nas parcelas do seu financiamento.

Como funciona o processo de compra sem entrada?

É muito mais prático para quem tem uma família e vive de aluguel comprar um apartamento pronto, não concorda? Essa é a sua situação atual? Então, a melhor opção é tentar conseguir um financiamento por meio do programa MCMV.

Como vimos, esse tipo de contrato atende a parcela da população que não tem condições e tempo hábil para fazer uma reserva de capital para dar na entrada do imóvel. Mas como funciona esse financiamento?

Para ingressar nesse programa habitacional, o comprador precisa se enquadrar em uma das quatro faixas de renda familiar mensal. São elas:

  • faixa 1 – rendimentos até R$ 1.800,00;
  • faixa 1,5 – até R$ 2.600,00;
  • faixa 2 –  até R$ 4.000,00; e
  • faixa 3 – até R$ 9.000,00.

Além desses critérios, o governo ainda impõe outras exigências para conceder esse tipo de financiamento, como:

  • o interessado não pode ter um imóvel próprio, uma vez que esse empréstimo se destina para a compra da primeira moradia;
  • os que são beneficiários de outro programa habitacional municipal, estadual ou federal não podem fazer parte do MCMV;
  • ter idade superior a 18 anos ou emancipação parental;
  • comprovar moradia ou trabalho no município em que o imóvel está localizado por pelo menos 3 anos; e
  • é proibido ter débitos com o governo ou qualquer dívida registrada no Cadastro Nacional de Mutuários.

Há várias vantagens em comprar um apartamento sem entrada por meio do MCMV na Caixa Econômica Federal. Um dos benefícios é poder financiar essa dívida em até 30 anos, como é o caso dos que se enquadram nas faixas 1,5; 2 e 3. Já para os integrantes da faixa 1, o tempo de pagamento se estende apenas por 10 anos.

Outra vantagem são os juros menores, todos os participantes do programa têm uma taxa de juros diferenciada. No entanto, os que fazem parte da faixa de renda 1,5 usufruem juros de até 5% ao ano.

Infelizmente, há pessoas que não atenderão a um ou mais critérios estabelecidos pelo Governo Federal. O que fazer? Uma boa opção é encontrar uma construtora que permita comprar um apartamento sem entrada.

Existem instituições do ramo imobiliário que oferecem essa alternativa. O motivo disso é que as construtoras não querem que os seus imóveis fiquem vazios. Sendo assim, elas são mais flexíveis quanto à forma de pagamento do imóvel.

Quem ganha com isso é o comprador, pois consegue um poder maior de negociação. Por exemplo, é possível negociar com diversas construtoras a possibilidade de inserir nas parcelas do financiamento o valor que seria para a entrada.

Então, é preciso pesquisar e barganhar qual empresa cobrará a menor taxa de juros do empréstimo habitacional. Acrescente a isso outra vantagem: a desburocratização do processo de compra do apartamento.

É sabido por todos que a lista de documentos para obter um financiamento do governo é enorme. Por outro lado, as construtoras facilitam e agilizam esse processo, desobstruindo o caminho para a aquisição da moradia.

O que fazer para evitar surpresas desagradáveis?

Com certeza, você deseja que a compra da sua casa própria ou apartamento seja a mais tranquila possível. Porém, para que seja assim, é preciso dar atenção a alguns detalhes importantes.

Por exemplo, faça uma pesquisa criteriosa e profunda sobre a taxa de juros praticada pelas instituições financeiras. Compare os preços e veja quais se adéquam à realidade do seu orçamento familiar.

Lembre-se de que essa será uma dívida a longo prazo, e por isso, é importante fazer um bom planejamento financeiro. Mesmo que você não possua dinheiro em reserva, comece a pensar nessa possibilidade.

Uma sugestão é analisar quanto seria em média o valor de uma parcela do financiamento. Daí, colocar essa quantia à parte e tentar viver com o restante do salário.

Além disso, antes de fechar negócio com uma empresa, dedique um tempo para conhecer a reputação dela. Para isso, entre no site, procure por comentários de clientes e, no caso de construtoras, veja o portfólio de obras realizadas.

Dessa forma, você evitará fazer um financiamento e depois arcar com prejuízos vindos de uma quebra de contrato. E, por último, leia atentamente e com calma os termos de adesão a um financiamento e tente esclarecer quaisquer dúvidas que tiver.

Como tudo na vida, o sucesso para conseguir adquirir uma moradia própria sem entrada é a força de vontade aliada a uma busca minuciosa e paciente por boas oportunidades. Fazendo assim, certamente você concretizará o sonho de habitar um espaço realmente seu, que lhe dê aconchego e segurança.

Gostou de nosso conteúdo? Descobriu como comprar apartamentos sem entrada? Então, deixe os seus amigos saberem dessa informação valiosa. Compartilhe com eles nas redes sociais!

Você pode gostar
Saiba tudo sobre o uso do FGTS para compra de imóveis
Guia completo para fazer uma mudança de casa com sucesso

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This