Meu imóvel

6 erros que você deve evitar ao comprar um apartamento em Fortaleza

Enfim, você e sua família decidem dar um novo passo e comprar um apartamento em Fortaleza. Essa é uma decisão importante para o futuro de todos, portanto, existem alguns aspectos que devem ser considerados — principalmente os erros que podem ser cometidos por falta de atenção ou excesso de pressa.

Para que o seu investimento seja inteligente, listamos aqui o que você deve evitar durante o processo de escolha e compra. Nossas dicas envolvem a construtora do imóvel, a localização, a qualidade do acabamento, o planejamento financeiro, a sustentabilidade e até os custos de uma possível reforma.

Interessado? Continue a leitura e conheça os 6 erros que devem ser evitados ao comprar um apartamento em Fortaleza!

1. Não escolher uma construtora de confiança

Para não cometer este primeiro erro, comece analisando o histórico das construtoras de cada apartamento que considerar comprar em Fortaleza. Busque informações sobre o portfólio de entregas e converse com pessoas que já tenham comprado um imóvel delas.

Aproveite também para visitar outros empreendimentos já lançados — assim é possível ver de perto características como a qualidade do acabamento, a inteligência dos espaços internos e externos e até a posição das vagas de garagem. Converse ainda com alguns moradores e confira a opinião deles sobre a construtora.

Além disso, fique de olho nas certificações de cada construtora: algumas se destacam por características e iniciativas que as tornam mais confiáveis e reconhecidas. Por fim, se o apartamento estiver na planta, não tenha vergonha e visite o canteiro de obras! Veja de perto a organização, a limpeza e o método de trabalho.

2. Deixar de se planejar financeiramente

Outro erro que é cometido com frequência é a falta de planejamento financeiro. Comprar um apartamento em uma das melhores capitais brasileiras precisa ser algo positivo, não uma dívida contraída e que se transformará em dor de cabeça por dificuldades financeiras. Por isso, não se apresse a escolher — planeje-se.

Lance seus gastos em uma planilha, para saber quanto sobrará por mês e confirmar as possibilidades de compra do imóvel. Então, organize o orçamento familiar e estabeleça metas de poupança. Tudo o que for poupado deve ser investido, fazendo esse dinheiro trabalhar pelo sonho do seu apartamento.

Considere muito bem a sua situação financeira e as opções oferecidas para a compra do imóvel. Saiba, inclusive, que o FGTS pode ajudar nesse processo, e não se esqueça de verificar as diferenças de preço entre apartamentos na planta e aqueles que já foram lançados.

3. Avaliar mal a localização do apartamento

Durante a escolha do apartamento, outro erro que é frequentemente cometido é a má avaliação da localização. E esse é um ponto muito importante, pois evita problemas futuros e garante a qualidade de vida onde você pretende viver muitos momentos inesquecíveis.

Escolha pela região desejada e observe se ele se está em um local de fácil acesso — principalmente em relação aos lugares que você e sua família frequentam, como a escola das crianças e o escritório do trabalho.

Conheça também os estabelecimentos comerciais e os lugares de lazer que existem no entorno. Restaurantes, igrejas, praças, lavanderias e outros pontos que fazem parte da rotina da sua família precisam ser encontrados com facilidade. Ah, observe ainda a rotina do bairro, para saber se você vai se adaptar a ele ou não.

4. Não se preocupar com sustentabilidade

O Ceará é um Estado que pratica a sustentabilidade, contemplando a implantação de políticas ambientais com foco na preservação e utilização consciente e criativa dos recursos oferecidos pela natureza. Por isso, os empreendimentos da capital devem seguir o exemplo, contribuindo para um futuro melhor.

Em condomínios, a sustentabilidade pode gerar economia e vantagens para os moradores — além de contribuir com o meio ambiente. E há várias possibilidades, viu? Dá para implantar medidas simples, como a coleta seletiva do lixo ou o reuso de água da chuva.

Com a ajuda de profissionais especializados, já podem ser implementados outros projetos mais ousados de sustentabilidade. A própria estrutura do imóvel pode favorecer aspectos como a valorização da iluminação solar, a oferta de vento e a implantação de equipamentos inteligentes, que economizam energia elétrica.

5. Comprar um imóvel com acabamento de baixa qualidade

Quando você estiver no processo de compra de um apartamento, observe também a qualidade do acabamento dele — inclusive das áreas comuns do condomínio. Não tenha medo de ser detalhista, pois esse é um item que é planejado para levar conforto e beleza aos ambientes, e precisa cumprir com isso.

Há quem considere bobagem, no entanto, é com o acabamento que você e sua família vão conviver diariamente. Se for de baixa qualidade, vocês sentirão o peso de conviver com problemas e a sensação de dinheiro gasto à toa. Então, fique de olho em pisos, revestimentos, cores, louças e até metais sanitários.

Você não é obrigado a ficar com eles, no entanto, pode aproveitar uma parte disso e economizar com possíveis reformas. Note se há um equilíbrio entre qualidade e estética, e desconfie de modismos, pois eles logo vão embora.

6. Subestimar os custos de uma reforma

Às vezes, surge aquela oportunidade que parece imperdível, não é verdade? A localização do apartamento é excelente, o tamanho é ideal e o preço fica bem abaixo do seu orçamento. Só precisa de uma reforminha! Por quê não aproveitar, certo? É nessas horas que o seu senso de desconfiança deve ser ativado.

Jamais subestime os custos de uma reforma. Dependendo da sua complexidade, você vai demorar muito tempo para se mudar e ainda pode gastar uma quantia que poderia ser usada como entrada em um imóvel novo!

Mesmo as reformas mais simples afetam o seu orçamento, e podem se transformar em dor de cabeça quando você precisa mudar logo. Por isso, repense na possibilidade de conviver com reformas. Algumas inutilizam ambientes por um tempo, sujam muito e transformam a rotina da família em um caos difícil de administrar.

Enfim, como vimos, os erros ao comprar um apartamento em Fortaleza que apresentamos neste artigo precisam ser considerados durante o processo de compra e escolha do imóvel. Então, faça uma escolha consciente e inteligente para aproveitar ao máximo o investimento que está fazendo!

E agora, se gostou deste post, aproveite para conferir também as principais vantagens de comprar um apartamento na planta!

Você pode gostar
Pagamento do ITBI em Fortaleza: como funciona
Por que comprar um imóvel próprio agora?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This