Meu imóvel

Comprar imóvel ou alugar: afinal, o que é mais vantajoso?

Em momentos de instabilidade política e econômica, as pessoas se sentem inseguras e não sabem onde devem investir seu dinheiro. Uma das dúvidas mais comuns que surgem é: agora é a hora certa para comprar um imóvel ou é preferível continuar no aluguel?

Se você é uma dessas pessoas e está se questionando se deve comprar um imóvel ou alugar, confira a seguir as vantagens e desvantagens de cada uma das opções e avalie qual atenderá melhor às suas necessidades e expectativas para fazer a escolha certa.

Vantagens de comprar um imóvel

Possibilidade de usar o Fundo de Garantia

Quem deseja comprar a primeira casa própria pode utilizar o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço para adquiri-la. O FGTS rende aproximadamente 3% ao ano, ficando abaixo da inflação, que pode atingir 9,7% neste ano, segundo o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). Os imóveis apresentam uma valorização de cerca de 5% ao ano (sem descontar a inflação), portanto, usar o fundo na compra vale mais do que deixá-lo parado.

Há diversas possibilidade de usar o FGTS na aquisição de um imóvel residencial: para quem deseja comprar ou construir, o saldo pode ser usado para pagar parte ou o valor total do imóvel. Se o contrato de financiamento foi assinado no âmbito do Sistema Financeiro Habitação, é possível utilizá-lo para amortizar ou liquidar o saldo devedor e abater até 80% o valor das prestações em até 12 meses consecutivos. Essas operações podem ser renovadas: o abatimento das parcelas pode ser solicitado todo o ano e a amortização no saldo devedor a cada 24 meses.

Grande retorno financeiro

Diferentemente do aluguel, caso em que você precisa despender uma quantia mensal que nunca retornará para o seu bolso, ao pagar as parcelas de um financiamento, elas serão convertidas na aquisição de um bem que será incorporado ao seu patrimônio. Se você comprar o imóvel com o objetivo de alugar, é possível usar a renda para quitar as parcelas dele.  

Segurança

Com a instabilidade do mercado e a inflação alta, a melhor opção é procurar por investimentos seguros. Comprar um imóvel se encaixa nessa classificação, pois ele representa uma reserva de patrimônio sólida, que garante a preservação do dinheiro e o rendimento ao longo dos anos.

Melhores preços e condições de negociação no momento

No atual panorama econômico, muitas pessoas estão precisando vender casas e apartamentos, ótima situação para quem deseja comprar. A flexibilização nas negociações é grande e existem reais possibilidades de encontrar promoções e muitos descontos no mercado, aumentando as chances de fazer um bom negócio. 

Os custos se dissolvem ao longo dos anos

O valor total do investimento pode parecer grande no começo, caso o pagamento seja realizado à vista, mas, em longo prazo, o retorno compensará se a pessoa tiver a intenção de permanecer no imóvel mais do que 5 anos. Uma família geralmente mora de 8 a 20 anos, ou mais, em um mesmo imóvel.

Assim, o dinheiro investido em uma casa ou apartamento será diluído ao longo dos anos, tornando o investimento mais vantajoso. No caso do imóvel ser financiado, apesar dos juros inseridos, as parcelas resultarão na aquisição de um bem, diferente de um aluguel, que não garante retorno algum.

Personalização do imóvel

Ao comprar um imóvel, o proprietário tem mais liberdade de personalizar o lar do jeito que ele sempre sonhou, escolhendo as cores das paredes, lustres, entre outros itens decorativos.

Dependendo da etapa da construção, é possível escolher o revestimento e acabamentos, mas existem algumas regras que precisam ser respeitadas: por exemplo, nem toda parede pode ser quebrada, para não abalar a estrutura do imóvel.

Quando o apartamento é alugado, fica mais complicado reformá-lo, pois o proprietário pode não concordar com as alterações e o investimento será em vão, já que o imóvel não é um bem do inquilino e pode ser solicitado a qualquer momento.

Desvantagens de comprar um imóvel

Investimento não compensa a curtíssimo prazo

Caso exista muita incerteza na permanência no lugar onde o imóvel está construído, é melhor esperar por um tempo para fazer um grande investimento. A venda rápida do imóvel pode significar negociações ruins e manter um imóvel à distância, mesmo que alugado, dá mais trabalho.

Necessidade de manutenção 

Todo imóvel precisa de reparos com o passar do tempo. Nova pintura, troca de revestimento, vazamentos e outros incômodos precisam de investimento e manutenção para evitar grandes problemas futuros. Quando o imóvel é sua propriedade, todo tipo de manutenção é exclusivamente sua responsabilidade, porém, quando o imóvel é alugado, a manutenção estrutural é de responsabilidade do proprietário.

Vantagens de alugar um imóvel

Maior mobilidade

Para quem viaja muito ou é transferido de cidade com frequência, o aluguel pode ser uma boa opção, para garantir a mobilidade necessária sem precisar fazer grandes planejamentos ou investimentos.

Além disso, caso o pagamento do aluguel comece a pesar na renda mensal, sem grande dificuldade, o inquilino pode procurar outra opção mais barata. Vale lembrar que é preciso respeitar as cláusulas do contrato de locação e arcar com as multas, caso estejam previstas.

Não há necessidade de manutenção estrutural

Com o passar dos anos, qualquer imóvel apresenta problemas que precisam de manutenção, como troca de encanamento, piso, telhado, entre outros reparos.

Os inquilinos não precisam arcar com os investimentos em obras de reparo estrutural, que são de responsabilidade dos proprietários, o que significa menos preocupação e necessidade de investimento.

Porém, a manutenção para deixar o imóvel no mesmo estado em que foi alugado é de responsabilidade do inquilino e, caso ele gere algum dano para o imóvel, também deverá arcar com as despesas do conserto – por exemplo, caso fure um cano com um prego ou faça uma instalação elétrica errada.

Desvantagens de alugar um imóvel

Insegurança

Após o período de contrato, a qualquer momento o proprietário do imóvel pode aumentar o preço do aluguel ou solicitar a casa ou apartamento e o inquilino será obrigado a procurar outro lugar para morar. Essa insegurança pode obrigar a família a viver em constante mudança.

Problemas com o proprietário

Além de poder aumentar o aluguel ou despejar o inquilino, um proprietário difícil pode não providenciar os reparos de manutenção necessários no imóvel, fazer exigências descabidas ou ser muito inflexível, tornando sua estadia insuportável.

Investimento sem retorno

Como citado anteriormente, o aluguel pago mensalmente não resultará na aquisição de um bem e, além disso, qualquer tipo de investimento no imóvel, seja de manutenção para deixá-lo em perfeito estado ou de personalização dos ambientes para deixá-lo mais aconchegante e bonito, serão em vão, pois o imóvel não é sua propriedade e pode ser solicitado a qualquer momento.

Agora que você já conhece as vantagens e desvantagens de comprar um imóvel ou alugar, avalie os prós e contras diante da sua realidade e dos seus desejos. Mas lembre-se: independentemente do momento, comprar um imóvel significa investir em um patrimônio de alta durabilidade, que sempre valoriza ao longo dos anos.

Além de garantir mais segurança, ele poupa seu dinheiro a longo prazo, pode gerar renda extra se for alugado e ainda ser vendido, caso precise do dinheiro para fazer outro investimento.

Gostou do conteúdo? Então, assine nossa newsletter e receba nossos artigos em primeira mão!

Você pode gostar
Primeira casa própria: tudo que você precisa saber
Como e quando decidir comprar o próprio apartamento?

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This