Meu imóvel

Como comprar um apartamento com pouco orçamento?

O sonho da casa própria ainda faz a cabeça de muitos brasileiros. Tanto que a maioria das pessoas deseja comprar um apartamento adequado às suas necessidades, próximo do trabalho e com boas opções de lazer e de diversão nas proximidades.

Entretanto, devido à falta de preparo e de conhecimento, muitos não conseguem realizar esse sonho ou tomam atitudes equivocadas, colocando o futuro da sua família em risco. Além disso, o orçamento financeiro apertado adia a realização desse sonho.

A fim de evitar essas situações, você pode tomar simples atitudes em seu dia a dia e colher os resultados positivos que você tanto quer. Por isso, neste post, vamos mostrar algumas dicas para você economizar e comprar o apartamento dos seus sonhos.

Continue a leitura e aprenda mais sobre o assunto:

Realize um planejamento financeiro

Responda mentalmente a seguinte pergunta: “o que uma viagem e a compra de imóvel têm em comum?”.

Pode parecer uma pergunta estranha, mas ambas as situações só podem ocorrer com tranquilidade e facilidade quando há um planejamento financeiro. Enquanto o 1º caso necessita de reserva de hotéis e da compra de passagens, no 2º contexto é preciso planejar quais serão os gastos da sua família.

Em outras palavras, você deve ter um controle rigoroso sobre as suas despesas e sobre os ganhos mensais e anuais. Dessa forma, por mais que a sua situação atual não seja a melhor para comprar um apartamento, dentro de um determinado período de tempo, você terá o dinheiro necessário para realizar tal desejo.

Nessas horas, faça uma pesquisa minuciosa em relação a todos os tipos de gastos da sua família, desde as compras de supermercado até os gastos considerados mais supérfluos. Faça um registro dos gastos dos meses anteriores e fique muito atento com as despesas sazonais, como:

  • despesas com material escolar;

  • pagamento de impostos;

  • custos de viagens de férias;

  • gastos com eventos e com outras situações de lazer.

Crie um cronograma com as datas de vencimento de todas as contas mensais da sua casa. Tomando essa atitude, você evita o pagamento de multas e a incidência de juros.

Lembre-se, também, de quitar dívidas e de negociá-las quando não houver outra possibilidade.

Estabeleça metas

As metas servem para guiar o desenvolvimento e as atividades de uma empresa. Apesar disso ser conceito mais utilizado no ramo empresarial, elas podem fazer toda a diferença na sua vida.

Isso acontece, pois, ao criar um objetivo a ser alcançado, você consegue se concentrar e se esforçar. Entretanto, algumas pessoas criam metas que estão fora da sua realidade, fazendo com que isso mais atrapalhe do que ajude.

De nada adianta, por exemplo, estipular uma reserva mensal de R$ 5 mil se isso não condiz com o seu orçamento. Nessas horas, comece com valores pequenos e veja quais são as consequências no seu dia a dia.

À medida que você perceber que é possível aumentar essas quantias, eleve-as e faça uma análise para entender as suas consequências. Quando você menos esperar, terá um valor considerável e a compra de um apartamento se tornará uma realidade.

Tenha cuidado com o cartão de crédito

O cartão de crédito sempre foi considerado por muitos como um dos principais vilões do equilíbrio das contas de uma família. Infelizmente, por causa da falta de planeamento, algumas pessoas acabam gastando mais do que deveriam.

Como os seus juros são elevados, nessas situações, uma dívida muito grande é criada, e o seu pagamento é um dos grandes problemas atuais.

A fim de evitar essas situações, você deve acompanhar todas as faturas dos seus cartões de créditos, encontrando despesas desnecessárias e que poderiam ter sido pagas à vista. Em alguns casos, essa outra forma de pagamento oferece descontos e você pode se beneficiar disso.

Fique atento para ter um limite de crédito compatível com as despesas de sua família. Ter mais crédito do que no necessário pode ser uma péssima armadilha para quem já tem uma tendência a gastar mais do que pode.

Entretanto, não seja radical e utilize os cartões de crédito com sabedoria. Ao utilizá-los de maneira correta, você pode aproveitar boas oportunidades de compras — o que tende a auxiliar o seu planejamento.

Faça cortes de despesas

Cada família possui particulares que as diferem umas das outras. Porém, em todas elas, é possível encontrar algo a ser melhor aproveitado. Desse modo, o corte de gastos é uma necessidade para quem quer comprar um apartamento.

Então, as compras feitas por impulso, os almoços em restaurantes e a compra de um novo celular podem muito bem ser repensadas ou até mesmo deixadas de lado.

Os custos fixos com as despesas de energia elétrica, água, internet e telefone também pesam muito o orçamento de uma família. Portanto, faça uma pesquisa de mercado e encontre planos mais baratos e que continuem atendendo à sua demanda.

Para poupar dinheiro, é preciso fazer alguns sacrifícios. Mas não se preocupe: todo esse esforço e empenho serão recompensados com a conquista de uma nova moradia no futuro.

Acompanhe o mercado

Atualmente, o mercado apresenta grandes oportunidades de flexibilização nas negociações, como nos parcelamentos e recebimento de imóvel. Dessa forma, você pode encontrar a opção que mais se adeque ao estilo de vida da sua família.

Por mais que o orçamento ainda não seja o ideal para comprar um apartamento, o acompanhamento das variações do mercado é essencial. Tomando essa atitude, é possível identificar uma boa chance de negócio.

Então, analise as notícias sobre os seguintes assuntos:

  • taxa de juros;

  • inflação;

  • regras de financiamento;

  • ritmo de crescimento da construção civil.

A economia financeira não é um assunto tão complicado como muitos acreditam ser. Infelizmente, algumas pessoas não têm as informações e os conhecimentos necessários para tomar atitudes eficientes e acabam prejudicando os desejos da sua família.

Na hora de comprar um apartamento, você precisa analisar a sua situação e os objetivos dos seus familiares. Com isso, é possível ser feliz na sua escolha, levando em consideração a localização e o preço do imóvel.

Agora, acompanhe as nossas redes sociais e fique por dentro dos melhores conteúdos sobre a compra de imóveis: estamos no Facebook, no Google+ e no YouTube!

Você pode gostar
5 motivos para você morar em um condomínio para famílias
Primeira casa própria: tudo que você precisa saber

Deixe seu comentário

Seu Comentário*

Seu Nome*
Seu Site

Share This